quinta-feira, outubro 14, 2004

Desfolho em meus caracóis
canções de amor desalinhados

Desnudo-me do mundo
e deito-me cremada
por cima de tudo o que me fizeram
Mal. Bem. É o funeral.

(12 de Outubro de 2004)

1 comentário:

Ella disse...

Hum...como eu gosto das imagens que crias...Tu pintas com as palavras! :)*