terça-feira, junho 28, 2005

Tenho nas minhas lágrimas o relógio dos dias em que o silêncio dizia amor nas sílibas dos teus beijos, em que os caminhos eram escritos no teu corpo erguido de menina-mulher estendida na poesia que os meus olhos viam. Erámos a noite escondida por detrás da lua aberta quando sem palavras nos encobríamos de verdade de calor de nos sabermos nuas de tudo apenas cobertas pelas mãos que nos conduziam a invernos inventados e a sonhos feitos acordados. Não quero voltar a adormecer porque de cada vez que o faço, os teus lágrimas encolhem-se de água e as nossas mãos separam-se demorosamente sem retorno, sem brilho de nos voltarmos a ver e sentirmos o coração a querer saltar de dentro de nós, de sentirmos a vontade de nos unirmos uma vez mais, de sermos apenas duas dentro deste mundo que também é teu mesmo que por vezes te tenha expulso dele, que não te tenha feito escutar o que se passava dentro dele, dentro de mim nestas veias que por ti ainda correm sem saberem da resposta que apenas tu podes dar.


The Cure – Trust

There is no one left in the world
That I can hold onto
There is really no one left at all
There is only you

And If you leave now
You leave all that we were undone
There is really no one left
You’re the only one

And still the hardest part of you
To put your trust in me
I love you more than I can say
Why want you just believe?

10 comentários:

c.b. disse...

olá :)
és uma pessoa doce e com talento,
beijinho pra ti

Vera Cymbron disse...

Disseste do amor de uma forma magnifica!
Lindo, e tu és linda!
Jinhos, espero que estejas bem.

XSGIRL disse...

o mundo nas palavras...e que tal recitares as tuas doces palavras a alguém!?!
desde que te conheço escreves como ninguém mais,sabes que não gosto de ler mas tu colas-me às tuas palavras...beijinhos e desculpa a forma como me identifiquei...são as palavras do meu mundo...

Anónimo disse...

Linda... venho cá todos os dias, apenas não tenho comentado, mas... tenho retido.

Beijos ***

S.S.

Anónimo disse...

Linda... venho cá todos os dias, apenas não tenho comentado, mas... tenho retido.

Beijos ***

S.S.

Litostive disse...

Cacau... onde andas, amiga? :(
Beijinho...

Anónimo disse...

Depois de "O Abismo Negro..." (http://www.void.weblog.com.pt), que teve o seu tempo, um outro ciclo se iniciou. Um ciclo que tem a ver com uma nova fase de vida e com novos ritmos e formas de estar que se impuseram. Um novo blog traduz/traduzirá isso. Espero ver-te por lá. O endereço é: http://duas-metades.blogspot.com

Beijokas,

Sandra:)

Vera Cymbron disse...

Onde é que andas?! Vê se dás noticias...aqui estou preocupada contigo!
Jinhos

Å®t_Øf_£övë disse...

Gostava que passasses lá no "ABOUT LAST NIGHT" para participares na festa de aniversário e para soprares uma velinha.
Bjs.

sotavento disse...

Miúda, 'tá tudo bem?!...