domingo, maio 21, 2006

De mim para mim....

Momentos que me agrides. Momentos que agrides quem sou. Momentos que deixas pelo chão todos os sentimentos que se agitam por ti. Gostava que um dia tu que escreves tanto, escrevesses um texto sobre o porquê dessa tua raiva pelos sentimentos. Os sentimentos que são verdadeiros. Que fluem por ti. Que se constroem por ti. Raiva de morte. Raiva de morte porque não consegues deixar que o amor te toque a ti. Te invada. Te assalte todas as tuas seguranças. Um dia deixarei que me escrevas. Já to tinha prometido. Mas antes quero que escrevas um texto sobre ti. E quero que mo leias. Se tiveres que me morder o coração, morde. Se tiveres que mandar à merda o que sinto por ti fá-lo. Mas escreve. Deixa que as palavras falem por ti. Solta-te. Tu que jogas jogos de razão com as tuas palavras, deixa que a ternura jogue com o teu coração.

7 comentários:

Cátia disse...

Gostei do teu blog ;)
Beijinho*

Morpheu disse...

Somos o nosso pior inimigo porque nos conhecemos e sabemos as nossas fraquezas, no entanto somos, igualmente, a pessoa mais fiável para fazermos confissões e exames de consciência sobre a nossa própria pessoa; a fiabilidade todavia decresce quando se trata de darmos opiniões e ajuda, regra geral somos pouco imparciais connosco mesmos.

Beijos,

Amiga

sotavento disse...

Um texto de si para si, vindo do coração, seria interessante, especialmente porque escrever dá tempo à cabeça para se interpor, sim!... :)

Carlos Barros disse...

Dia 7 de Junho O Autor, Carlos Barros a Corpos Editora e o Clube dos Jornalistas tem o grato prazer de convidar V.Exa. , familia e amigos para o lançamento do Livro - VAZIO DE CORES, no jardim do Clube dos Jornalistas no dia 07 de junho, Quarta feira, a partir das 18 horas.
na Rua das Trinas, 127, -na LAPA- Lisboa

-Vazio de Cores- será apresentado por:

- PAULINO COELHO - Programa da manhã da Radio Renascensa.

- Ex Ricardo dePinho Teixeira


Será servido um "Copo".


beijo

perola&granito disse...

gostei :o)

Anónimo disse...

Gostei muito do texto...por vezes nós pp somos os nossos piores inimigos...

Anónimo disse...

gostei....