segunda-feira, abril 27, 2009


Não me lembro do mês. Ou do dia. Quanto às horas deviam ser umas 20h30 porque é a hora a que habitualmente chego a casa. Estavas sentada no sofá de perna cruzada. Abri a porta e não olhaste para mim. Não olhaste e não sorriste. Nada disseste. Sentei-me ao teu lado após ter tirado o casaco. Obriguei-te a olhares para mim. Resististe. Mas não tens mais força do que eu.

- Não te suporto mais.

- Porquê?

- Lembras-te porque me apaixonei por ti?

- Não. Porque é que te apaixonaste por mim?

- Porque sabias fazer-me sonhar.

- Só por isso?

- Basicamente.

- E agora não me suportas.

- Já não consigo olhar para ti.

- Porquê?

- Porque desiludiste-me.

- Porquê?

- Porque afinal tu não sabes sonhar.

- Não?

- Não.

- Então?

- Tu apenas roubas os sonhos dos outros.

- Sim, tens razão. Eu faço dos sonhos dos outros os meus.

- Porquê? Diz-me porquê!

- Porque eu não tenho vontade própria. Não me reconheço nesta vida. Apaixonei-me por ti porque tu te apaixonaste por mim. Desejei-te porque tu me desejavas. Amei-te porque um dia disseste que me amavas. Vim viver contigo porque me convidaste. Venho para casa todos os dias porque tu estás à minha espera. Se não me suportas, eu também não me suporto.

- Não te suporto.

- Está bem. E agora que fazemos?

- Agora discutes comigo e depois dormimos abraçadas.

- Ok.




6 comentários:

AlmaAzul disse...

Tu não existes!!!

Brilhante!

Narcisa disse...

Azul,

não digas essas coisas que quase me fazes corar :P

Um beijinho

Trio Colher de Pau disse...

És uma dupla perfeita,tu não existes m....
Gostei muito...sobretudo da última
Frase!
\O/

...

clic disse...

Contos do imprevisto? :)

Narcisa disse...

Trio,

É bom ver-te por cá.

:)

Clic,

Este tem o seu teor de realidade,a parte adicional ocorreu-me enquanto almoçava :)

ninguém disse...

"Agora discutes comigo e depois dormimos abraçadas"

coisas de mulheres ahah *