quinta-feira, maio 04, 2006

(...)

Existem cartas
Cartas secretas que se escondem na minha pele
Cartas de lábios escritas em saliva
Cartas de tactos escritas em dedos
Serenatas embebidas em orgasmos.

O meu corpo é um livro
Escrito a várias mãos.

3 comentários:

zenite disse...

Nas margens do meu corpo
alonga-se um labirinto quente, escorregadio,
um rio calado de despedidas e de gritos...

Bonito!

AlmaAzul disse...

:) magnífica analogia.

lua ( disse...

... e enquanto no teu corpo te escreveres, sentir-te-ás sempre viva!... :)