sexta-feira, maio 26, 2006

Toma-me. Fere-te. Desdobra-te em papel. Olha-me. Odeia-me. Gosta-me. Atira-te contra as paredes. Pára de fumar. Pára de dormir. Pára de foder. Ouve-me. Regenera-te (em mim). Bebe. Bebe até não poderes mais. Acorda-me vezes sem conta. Diz-me boa noite. Não me deixes dormir mais. Pensa em mim. Transpira-me. Sufoca-me. Liberta-me. Aceita-me. Esquece-me. Incendeia-me. Não me queiras. Pertence-me. Não fujas. Deseja-me como nunca desejaste ninguém. Não te apaixones. Contradiz-te. Faz o dito pelo não escrito. Puxa-me para ti. Expulsa-me da tua pele. Oferece-me os teus orgasmos.
Cola uma fotografia minha no teu frigorífico. Não me chames tua. Acompanha-me até a porta. Sê louca. Destemida. Tua. Perde-te nos mapas do meu corpo. Risca-me dos teus dedos. Tatua o meu cheiro no teu ventre. Não me puxes os cabelos. Chama-me pelo meu nome. Na cama não. Chama-me puta na cama. Mesmo que no fundo seja apenas uma menina. Chama-me o que quiseres. Faz o que quiseres. Sente como quiseres. Mas chama. Faz. Sente. Tua não tua.
Sou uma palavra que ainda não conseguiste soletrar.

7 comentários:

relatosdeumruivo disse...

Mas afinal o que é que queres, rapariga?... Já mais que encantado.
:)

GNM disse...

GNM says: gosto-te, minha menina!!!
Le Glamour Chic - Maybe just maybe I want to obey this impulse...! says: n mereço comentário?
GNM says: mereces sim!

Mereces um comentário muito
melhor do que qualquer
um que consiga fazer!
Escreves mesmo bem... Ainda
havemos de escrever
várias histórias a quatro
mãos...

Beijos!

Alexandra Alpha disse...

Dilacerante!

Eli disse...

Às vezes bastava ... "qualquer coisa" ... em vez do não existir!

:)

ThatGirl disse...

mah babe ;D

fairy_morgaine disse...

gosto de palavras que não se soletram.

Marília disse...

Gostei muito dos teus escritos... Deixei um link do teu blog no meu. Beijos!
www.partituradeletras.blogspot.com