segunda-feira, novembro 13, 2006

Verão de S.Martinho

A noite de ontem. Melhor dizendo, a madrugada de ontem. Sorrio porque nos revejo nas constantes fracções de segundo em que a loucura toma conta de nós. Em que regressamos aos tempos selvagens das primeiras noites. Aos densos momentos em que o tempo volta a parar e não nos questiona mais.

Agora, vestida de ti, sinto, ainda, o rastilho puro do desejo. O nosso desejo. Que nos agarra pelo corpo e nos flui pela mente, quando o teu corpo sobe pelo meu e deixamos de saber como regressar à realidade. O teu corpo que fecunda raízes no meu sexo. O teu corpo que se esvai em tragos de luxúria quando as nossas línguas ganham ritmo conjunto e dançam incessantemente. A força da intensidade que nos arrasa e nos deixa prontas para encararmos a morte. A morte de mais um dia. O nascer de mais um orgasmo. Irrompes em mim como verdade inquestionável. E eu irrompo em ti como um novo acreditar. Tomo-te a boca e devolvo-te toda a Fé inexistente nos últimos anos. Sabemo-nos, assumidamente bem de mais para nos deixarmos de beber. E saboreamos a mudança. A nossa mudança mútua. O inicio da nossa vida. Até que o tempo passe a ser encarado apenas como algo inevitável neste viver.

Somo-nos.






(Achas que a garrafa de vinho tinto que está na dispensa chega para fazermos 31 brindes?)

12 comentários:

Cris disse...

E eu que adoro vinho tinto...

Um beijo Cacau, gosto de te ver feliz.

Cris disse...

E eu que adoro vinho tinto...

Um beijo Cacau, gosto de te ver feliz.

musalia disse...

se não chegar sugiro a loja mais próxima ;)

bjs. para as duas.

sardinhalogic disse...

e viva aos magustos!

abraços

sotavento disse...

'Tou a ver!... :)

Bandida disse...

bebo ao amor!







abraço!
_______________

A. disse...

...tens um nome que me conforta.
é quente em dias assim...mas frios.






Obrigada pela visita Cacau.

nameless as a desire disse...

A noite amanhece sem versos,
mas com a música do seu hálito ofegante.
E eu demoro o meu desejo nesta insaciedade ainda aflita e trémula, e celebro, com um prazer que se entorna, o momento inquestionável da realização de um sonho que alimento nos teus braços.

MalucaResponsavel disse...

que felicidade q para aqui vai... :) kiss

Anónimo disse...

Adorei seu blog.. vou linkar no meu.

http://ligeiramentelesbica.blogspot.com/

beijos
TalvezVoce

Anónimo disse...

continuas a provocar o mesmo efeito em mim!

Mar da Lua disse...

Gosto de TE ver feliz N.muito! Cacau...toma bem conta desse amor! Houve um passarinho que me disse que valia a pena. Felicidades!