domingo, dezembro 19, 2004

Preciso de saber
que tudo o que te rodeia
por momentos
te faz recordar
aquele tempo
que mais que especial
foi nosso

E que se acabou
foi apenas
porque deixamos
que isso acontecesse

Preciso de saber
que o que vivemos
não foi em vão
não foi capricho

Foi o que quisemos que fosse
o que sentimos que era

Preciso de saber
meu amor
se ainda quando fechas os olhos
te sentes naquele lugar
de mão dada comigo.

7 comentários:

Irina disse...

Olá faz mt tempo q não vinha a este teu espaço.

Mas devo dizer q este poema é lindo :)

c.b. disse...

Quero provar o futuro que já me prova ter prazer,
ter prazer em tocar, sentir na ponta da língua o calor, calor a ser.
Quero ter um futuro, um futuro de se ver e sentir cada presente
nesse sabor que sabe a fogo, um fogo que invade ao ler e não mente.
Não me apetece ficar a olhar mais para trás onde me fico a perder,
pois apenas quero, em cada momento, amar viver.


Beijo

Cacau disse...

Obrigada pelas tuas palavras meu querido!

:)

Mersault disse...

Teus versos são como uma necessidade de saber que aquele não esquece.
Visitas lugares e lembras momentos; viajas acompanhada das tuas lembranças.

Desfruto muito dos teus versos.

Um beijo.

Cacau disse...

Oh william o teu comentário foi dos mais bonitos que li até agora, compreendes-me na perfeição:)

Mtos beijos

Anónimo disse...

Olá cacau ...

Agradeço a mensagem que deixaste no meu cantinho.
Passeei um pouco pelas tuas palavras ..e gostei

Parabéns ..continua

Um afago meigo

"AltarDaSaudade"

R/B Estação disse...

...
Excelente poema.
Espero que consigas resposta para as estas dúvidas.
Beijinho e Feliz Natal.