terça-feira, julho 11, 2006

Sexta-feira à noite. Três mulheres, 22, 35, 50 lançam-se na noite. Brinda-se à lua, a tantas outras coisas. Pegamos em nós e vamos para o bairro alto. Passeamos pelas ruelas. Encontramos pessoas. Sorrimos. Trocamos palavras. Purex. Madrugada. Bebe-se vinho do porto, água e licor beirão. Sentámo-nos. Deixam-me embalar pela música. Trocámos olhares. Desenhamos mensagens. Escrevem-se palavras em postais de publicidade. Fumo os meus cigarros. Vocês queixam-se de sono. as palavras sobreviveram e chegaram a casa. Aqui estão elas:

1º Postal
Abranda a solidão neste preciso minuto.
Afaga os olhos neste afecto que te brilha por dentro e que apenas o sabes renegar.
Alivia-me a cadência desta espera. Atormenta-me pelas pausas da loucura.
Lança-me grades de sufoco enquanto a tua boca em silêncio se desfaz na minha.



2º Postal
Prefiro-me indecência. Salubridade.
Prefiro-me tudo aquilo que achas que não sei ser.
Nos abraços que me mentes, na inocência de que me levas a desejar.
Entrego-me por instantes. O tempo breve em que me sinto tua.
Em que não consigo ver o que tu gostas em mim.
São estes momentos intemporais em que inicio a minha fuga para longe de ti.


3º Postal
Inicio esta dança sob a negritude dos candeeiros.
O ritual da ambivalência das minhas próprias mãos que se arrastam em lentidão pelo rasto incendiado do meu corpo.
Não me descubro em caminhos, recrio-me mapas de palavras descentradas.
No princípio da pele encontro-me.

6 comentários:

Anónimo disse...

prefiro-te indecente. . .

sotavento disse...

Isso dos postais ao fim da noite parece-me uma belíssima ideia!... :)

Paulo Sempre disse...

Só os desideratos de uma alma perigrina..nos trazem a clarividencia dos momentos...
Curti o teu blog..mas, senti algo estranho no mesmo..: medo!!!

Paulo

Natalie Afonseca disse...

Olá!!
Também já fiz algo parecido!
Disse a amigos, a meio de bedeira, para escreverem algo ... saiu tão bem!!

Fica bem! :))
Bjs

.*.Magia.*. disse...

Louca tertulia de palavras, saida de um momento de ausência de lucidez...Lindo!

nenhum existe disse...

Bela farra;) Dionisíaca!!!

Beijos***