quarta-feira, junho 25, 2008

. ..

Gostaria de muita coisa. Gostaria de viver num duplex com terraço no coração de Lisboa. De ter um cão que não precisasse de ir à rua passear. De comer sushi todos os dias. De ter um smart vermelho e preto. De ter uma cama enorme. De não ter de acordar cedo. De ganhar o quintuplo do que ganho. De comer ao pequeno almoço panquecas com mel e canela. De foder horas a fio e não ficar dorida. De ir passar fins-de-semana a hóteis. De viver uma temporada de meses em Londres. De me perder em Itália. De gostar mais de homens e menos de mulheres. De ir ao instituto de beleza três vezes por semana. De não ter pesadelos. De deixar de atrair malucas. De ir passar a noite a Nova Iorque. De esquecer todas as vezes em que me queimei. De apagar da memória todos os erros que insisto em repetir. De deixar de fumar. De beber mais vezes. De saber fazer caipiroskas. De saber fazer arroz comestível. De saber recuar o passo antes de cair. De não ter tantos fantasmas. De não ser tão imperceptível quando estou mais dentro de mim. De chorar mais vezes. De saber ouvir a teimosia dos outros, em vez de me centrar apenas na minha. De acordar contigo a meu lado. De adormecer colada a ti. De ouvir-te a responder à quinta pergunta. De fugir contigo. Que o tempo voasse até 4 de Julho de 2009. De assumir-te. De ser assumida por ti. De fechar os olhos e não ter outra realidade que não os teus lábios colados aos meus. De não ser tão assustadoramente lamechas apesar de saber que a culpa é tua. De conseguir ultrapassar contigo todos os pedregulhos que se acumulam no nosso caminho. De ser tua de forma completa.

6 comentários:

RV disse...

no tempo revelam-se as coisas mais fantásticas... o tempo em nós é q sabe

Anónimo disse...

....Ahhhh se os pedregulhos falassem,haveriam muitas histórias por contar!!

fairy_morgaine disse...

há algo de poético em tudo o que não pode existir...

Anónimo disse...

Eu também gostaria de muita coisa, e uma delas era acordar contigo a meu lado e adormecer colada a ti. Ah, a minha cama é enorme! ;)

Saudades
***

Anónimo disse...

Simples e directo(como o Amor)
Pois eu gostaria de fugir contigo......Ke se lixe os teus fantasmas,os pedregulhos.
Adormecer e acordar contigo,já é um grande efeito no meu pensamento.
Adoro-te*

...................................................................há muito para dizer,fora do Modem

via disse...

essa de comer sushi e de ter casa com varanda no coração da city pode ser muito.